Entra Na página do Yoga de Leiria

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Tempo

Será que vale a pena lutar se a espada zoa no vento?
Quem ouve as súplicas de quem chora no isolamento?
Tudo nos dás, mas nada nos pertence
Tantas riquezas espalhadas pelo vento
Lembranças de quem tudo perdeu
Projectos de quem nada entendeu